------------------ Trauma Anorretal E A Prática Auto-erótica: Uma Revisão De Literatura

Revisão de Literatura

Ver autores ⯆


OBJETIVO: Essa revisão bibliográfica visa sintetizar as informações no atendimento de ferimentos ocasionados pela introdução de corpos estranhos no segmento anorretal. MÉTODOS: A busca dos artigos foi através da base de dados Pubmed e Scielo com a utilização dos termos “foreign bodies” and “anal trauma”. A pesquisa teve como critérios de inclusão: a) textos completos e b) serem publicados entre o ano de 2000 e 2020. Como critérios de exclusão foram desconsiderados os textos que não tinham relação com a temática. No total, encontraram-se 109 artigos apresentados pela busca na base de dados, foram selecionados 37 por estarem dentro da temática proposta e 72 excluídos pelos critérios supracitados. RESULTADOS: A avaliação do paciente deve incluir uma busca pelo envolvimento de outras estruturas e uma avaliação dos esfíncteres anais, bem como da forma e do tamanho dos objetos, pois isso implica com as variáveis complicações. Durante a avaliação, é de suma importância atentar-se para possíveis evidências de perfuração retal ou uma lesão no esfíncter anal, destacando: dor pélvica intensa, dor abdominal, febre, taquicardia e peritonite. As abordagens podem ser diversas, desde uma remoção transanal com anestesia, menos invasiva, até vias abdominais como laparotomia ou laparoscopia e depende da condição clínica do paciente e da localização do objeto. Para uma abordagem não operatória, é aconselhável que os pacientes recebam controle adequado da dor, com ou sem sedação consciente, na posição de litotomia. Em casos de peritonite e falha na remoção do objeto por extração transanal e endoscópica é indicado o encaminhamento para cirurgia. Após a remoção de um objeto, é necessário exame endoscópico para detectar qualquer dano à parede retal. CONCLUSÕES: Corpos estranhos inseridos no ânus constituem um problema que necessita de emergência cirúrgica devido a suas complicações. As condições clínicas do paciente e o tipo de objeto determinam a escolha da estratégia de tratamento.

bok.jpg

Cursos

Conceitos em Cirurgia Vascular

 

Minicurso de Atendimento ao Trauma por Abuso Sexual

 

Minicurso de Farmacologia da Cirurgia Vascular

 

Minicurso sobre Luto

LICIVASC 2020. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Italo Constâncio - Algum problema no site?

beta