------------------ Fatores de risco modificáveis para o desenvolvimento e ruptura do Aneurisma da Aorta Abdominal

Revisão de Literatura

Ver autores ⯆

O aneurisma da aorta abdominal (AAA) é definido como uma dilatação permanente da aorta abdominal, de diâmetro ≥ 3 cm, que geralmente permanece assintomático até sua ruptura. A letalidade associada com a ruptura do AAA é elevada podendo chegar a 80%, por isso, conhecer os fatores de riscos modificáveis para o desenvolvimento e ruptura pode ser considerado o primeiro passo à prevenção de desfechos negativos associados ao aneurisma. OBJETIVO Realizar uma revisão de literatura dos fatores de riscos modificáveis para o desenvolvimento e ruptura do AAA. MÉTODOS Pesquisa bibliográfica por artigos em base de dados: PubMed, SCIELO, MEDLINE, Lilac, Web of Science, até 19 de julho de 2020. RESULTADOS: Os principais fatores de risco modificáveis para o desenvolvimento da AAA são: tabagismo, hipertensão e Doença Arterial Coronariana. Além disso, autores também consideram aterosclerose, obesidade e níveis lipídicos séricos anormais. Outros estudos demonstram associação entre AAA com doença vascular periférica, cardiopatia isquêmica, infarto do miocárdio prévio, doença respiratória obstrutiva crônica. Ainda, estudos comprovam que os níveis elevados de metaloproteinases, MMP-2 e MMP-9, da matriz estão envolvidos no desenvolvimento do AAA. Quanto aos fatores de riscos modificáveis para ruptura, tem como destaque o tabagismo, pois está associado ao aumento do diâmetro da AAA, cujo valor transversal máximo é considerado preditor de ruptura. A recomendação para intervenção cirúrgica é o aumento em 5mm ao ano ou se o diâmetro for > 50 mm ou caso seja sintomático. CONCLUSÃO É importante ressaltar algumas recomendações gerais a todos os pacientes, as quais se apresentam de forma relevante para a prevenção do desenvolvimento e ruptura da AAA, como: interrupção do tabagismo, controle de peso, pressão arterial e níveis séricos de lipídeos. Portanto, mudanças no estilo de vida, como seguir uma dieta saudável e realizar exercícios regularmente, poderiam reduzir o risco de ruptura de AAA.

bok.jpg

Cursos

Conceitos em Cirurgia Vascular

 

Minicurso de Atendimento ao Trauma por Abuso Sexual

 

Minicurso de Farmacologia da Cirurgia Vascular

 

Minicurso sobre Luto

LICIVASC 2020. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Italo Constâncio - Algum problema no site?

beta