------------------ ANÁLISE DOS PROCEDIMENTOS DE TRATAMENTO CIRÚRGICO DE POLITRAUMATIZADOS NAS REGIÕES BRASILEIRAS EM 12 ANOS: UMA REVISÃO DE LITERATURA

Revisão de Literatura

Ver autores ⯆

OBJETIVO: Analisar o panorama de procedimentos de tratamento cirúrgico em politraumatizados realizados no Brasil durante 12 anos. MÉTODOS: Realizou-se revisão da literatura e coleta observacional, descritiva e transversal dos dados de procedimentos de tratamento cirúrgico em politraumatizados, disponíveis no DATASUS- Sistema de Informações Hospitalares do SUS- por um período de doze anos- janeiro de 2008 a dezembro de 2019- avaliando valor de gastos públicos, internações, taxa de mortalidade, óbitos e caráter de atendimento e artigos disponíveis em Scielo, Lilacs e PubMed. RESULTADOS: No período analisado, houve 626.082 internações para procedimentos de tratamento cirúrgico em politraumatizados e um gasto de R$2.094.994.623,96, sendo 2019 o ano com mais internações (72.111) e com maior gasto (R$244.626.818,09). Do total de procedimentos, 20.551 ocorreram em caráter eletivo e 518.856 em urgência. A taxa de mortalidade total foi de 5,27, correspondendo a 33.021 óbitos, sendo 2008 o ano com a maior taxa (7,77) e 2019 o com a menor (3,98). A região Sudeste foi a com mais internações (226.269) e a Norte a com menos (39.134). A com o maior número de óbitos foi a Sudeste (12.759), enquanto a com o menor foi a Norte (1.806). A Nordeste mostrou a maior taxa de mortalidade (6,23) e a Centro-Oeste a menor (4,28). CONCLUSÕES: As internações para procedimentos cirúrgicos em politraumatizados e o gasto com elas vêm aumentando no Brasil, porém a taxa de mortalidade diminuiu nesses 12 anos. O número de procedimentos eletivos é expressivo, não correspondendo ao esperado em politraumas. Quanto às regiões, apesar de a Sudeste ser a que possui mais internações e óbitos, a Nordeste tem a maior taxa de mortalidade. Já a Norte possui o menor número de internações e óbitos, enquanto a Centro-Oeste tem a menor taxa de mortalidade. Tais achados devem ser considerados pelos órgãos públicos do país a fim de direcionar investimentos e capacitação multidisciplinar para atendimento a politrauma.

bok.jpg

Cursos

Conceitos em Cirurgia Vascular

 

Minicurso de Atendimento ao Trauma por Abuso Sexual

 

Minicurso de Farmacologia da Cirurgia Vascular

 

Minicurso sobre Luto

LICIVASC 2020. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Italo Constâncio - Algum problema no site?

beta