------------------ ENDARTERECTOMIA VERSUS ANGIOPLASTIA COM STENT: FORMAS DE TRATAMENTO DA ESTENOSE CAROTÍDEA

Revisão de Literatura

Ver autores ⯆

OBJETIVOS: Avaliar por meio de uma revisão de literatura os métodos de Endarterectomia e Angioplastia com Stent, enfatizando riscos mediante os procedimentos, local acometido e indicações com o intuito de demonstrar a melhor abordagem. MÉTODO: Trata-se de uma revisão de literatura, elaborada a partir de busca de artigos na base de dados SCIELO e BVS. Os critérios de inclusão foram publicações que demonstraram o uso e as diferenças entre as técnicas de angioplastia e endarterectomia na estenose carotídea em língua portuguesa e inglesa, publicados entre Janeiro de 2014 à Julho de 2020. Foram encontrados 9 artigos e após leitura, 3 artigos foram selecionados. RESULTADOS: A endarterectomia é um procedimento padrão-ouro neste tipo de doença, indicado para pacientes sintomáticos, com estenose ≥ 50%, e pacientes assintomáticos, com estenose ≥ 60%. Estudos randomizados demonstraram eficácia do tratamento cirúrgico em pacientes assintomáticos com idade inferior a 75 anos, do sexo masculino e estenose superior a 60%. A angioplastia com stent, por sua vez, é um método terapêutico endovascular de grande importância, devido à eficácia em pacientes que possuem risco elevado para a cirurgia aberta. É indicado para pacientes que apresentam sintomas com estenose ≥ 50% e estreitamento grave. Dessa forma, pacientes idosos, com quadro clínico grave ou com múltiplas comorbidades devido às lesões traumáticas associadas, se beneficiam deste método. Endarterectomia segue sendo o método de primeira linha para pacientes que ainda podem ser submetidos à cirurgia, devido a uma menor taxa de AVC e óbito. Entretanto, o método endovascular está associado à menor taxa de hematomas nas vias de acesso, lesão de nervo craniano e casos em que há contraindicações para a primeira intervenção. CONCLUSÃO: É necessário conhecer o estado do paciente, suas limitações, seu histórico, idade e hábitos para escolher o melhor procedimento. Além disso, é importante também para estabelecer o prognóstico.

bok.jpg

Cursos

Conceitos em Cirurgia Vascular

 

Minicurso de Atendimento ao Trauma por Abuso Sexual

 

Minicurso de Farmacologia da Cirurgia Vascular

 

Minicurso sobre Luto

LICIVASC 2020. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Italo Constâncio - Algum problema no site?

beta