------------------ Avaliação de Pacientes com Traumatismo Raquimedular: Revisão Bibliográfica

Revisão de Literatura

Ver autores ⯆

OBJETIVO: Expor o método instaurado pela Associação Americana do Trauma Raquimedular avaliando o grau da lesão em traumatismo raquimedular. MÉTODO: Foi realizado uma revisão bibliográfica a partir das bases de dado do SciELO, MEDLINES, BVS e Lilacs. Incluindo artigos científicos em inglês, espanhol ou português, nos últimos 5 anos, disponíveis na integra, com os descritores “medula”, “trauma ” e “procedimentos”, sendo consultados em 112 artigos. Após filtragem, foram selecionados 18 artigos que se enquadravam no tema abordado. RESULTADOS: A coluna é formada por 33 vértebras, dividindo-se em cervicais, torácicas, lombares, sacrais e cóccix, além de ser possível encontrar dois plexos, o lombossacral e o braquial. Basicamente, o Traumatismo Raquimedular (TRM) acontece quando a medula espinhal é danificada, geralmente sendo resultado de acidentes automobilísticos ou esportivos, de quedas ou lesões penetrantes. Segundo o Ministério da Saúde, a cada mês em torno 30 a 52 pessoas são vítimas de TRM no Brasil e é perceptível uma prevalência em homens entre 15 e 40 anos. Como método de avaliação e classificação neurológica do TRM a Associação Americana do Trauma Raquimedular desenvolveu padrões para se obter o diagnóstico. Baseia-se na sensibilidade e na função motora, no qual possui duas etapas, sendo uma compulsória, ou seja, determina-se o nível da lesão neurológica, o nível motor e o nível sensitivo para que se obtenha números que em conjunto fornecem um escore. Já a outra etapa é opcional e não participa da formação do escore, mas acrescenta informações imprescindíveis na avaliação clínica do paciente. CONCLUSÃO: Em suma, o método de avaliação destrinchado acima é considerado um dos mais aceitos mundialmente para identificar o grau do trauma raquimedular, uma vez que se avalia as respostas sensitivas e motoras dos dermátomos e miótomos de acordo com um escore, sem necessidade de motilidade, causando o menor impacto possível ao paciente.

bok.jpg

Cursos

Conceitos em Cirurgia Vascular

 

Minicurso de Atendimento ao Trauma por Abuso Sexual

 

Minicurso de Farmacologia da Cirurgia Vascular

 

Minicurso sobre Luto

LICIVASC 2020. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Italo Constâncio - Algum problema no site?

beta