------------------ Uma Análise de Custos no Sul do Brasil para o Tratamento de Lesões Vasculares Traumáticas de Membro Inferior dos Últimos Cinco Anos

Estudo Original

Ver autores ⯆

OBJETIVO: Avaliar o número de internações hospitalares e o tempo médio de permanência hospitalar para o tratamento cirúrgico de lesões vasculares traumáticas de membro inferior no Sul do Brasil nos últimos cinco anos, bem como analisar os custos desses procedimentos ao Sistema Único de Saúde. MÉTODOS: Estudo ecológico elaborado a partir de AIHs aprovadas e o tempo médio de permanência para tratamento cirúrgico de lesões vasculares traumáticas de membro inferior unilateral e bilateral obtidos no DATASUS durante o período de janeiro de 2015 a dezembro de 2019. RESULTADOS: Durante o estudo, ocorreram 1.131 internações para tratamento cirúrgico de lesões vasculares traumáticas de membro inferior. Dessas, 499 (44,2%) foram no estado do Rio Grande do Sul (RS), 476 (42%) no do Paraná (PR) e 156 (13,8%) no de Santa Catarina (SC). Para esses tratamentos, tivemos uma média de permanência hospitalar global de 5,8 dias. O estado do PR apresentou a menor média (5 dias), seguido por SC (5,8 dias) e RS, que teve a maior média (6,5 dias). O custo total das internações foi de R$ 2.005.551,51, sendo R$ 1.090.708,45 (54,4%) destinados ao estado do PR, R$ 714.068,67 (35,6%) ao do RS e R$ 200.774,39 (10%) ao de SC. Assim, o custo médio por internação hospitalar para o tratamento dessas lesões foi cerca de R$ 1287,00 em SC, R$ 1431,00 no RS e R$ 2291,00 no PR. Apesar de o estado do RS ter não só maior número de casos, mas também mais tempo de internação, o gasto médio por AIH foi menor. Isso poderia estar relacionado a um desperdício de recursos no estado do PR, que necessitou de um valor médio igual a quase o dobro de ambos os outros estados, apesar de um menor tempo médio de internação. CONCLUSÕES: O maior número de internações para lesões traumáticas vasculares de membros inferiores foi no RS, também contendo a maior tempo de permanência hospitalar por tal patologia. O estado do PR teve o maior gasto médio em AIH para tal fim. Estudos maiores são necessários para maior elucidação.

bok.jpg

Cursos

Conceitos em Cirurgia Vascular

 

Minicurso de Atendimento ao Trauma por Abuso Sexual

 

Minicurso de Farmacologia da Cirurgia Vascular

 

Minicurso sobre Luto

LICIVASC 2020. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Italo Constâncio - Algum problema no site?

beta