------------------ Uso de Antibioticoterapia Profilática na Prevenção de Complicação Perineal Pós-parto Vaginal Operatório: Uma Revisão de Literatura

Revisão de Literatura

Ver autores ⯆

OBJETIVOS: Avaliar o uso de antibioticoterapia profilática (ATBP) na prevenção de complicação perineal pós-parto vaginal operatório. MÉTODOS: Foram analisados estudos controlados e randomizados dos últimos 15 anos, em humanos, na base de dados MedLine, Cochrane e BVS. Os descritores utilizados foram: “Prevention”; “Postpartum”; “Antibiotic”; “Perineal Complication”; “Vaginal Birth”. RESULTADOS: Foram identificados 8 artigos, ao aplicar os critérios de inclusão citados, foram encontrados 4 artigos, os quais foram eleitos para elegibilidade. Foram excluídos estudos que a descrição dos métodos fosse mal definida e aqueles que suas pesquisas não contemplavam o objetivo dessa pesquisa. A partir dos critérios inclusivos e exclusivos, dois estudos foram selecionados para compor essa revisão de literatura. O primeiro estudo avaliou uma amostra de 3225 pacientes. Após follow-up de dois anos, observou-se que nas 6 semanas pós-parto, a proporção de mulheres com infecção perineal, dor perineal e necessidade de cuidados perineais adicionais foram significativamente menores entre as mulheres alocadas no grupo da ATBP em comparação ao grupo controle (4% vs 8%; RR= 0,53, IC 95% 0,37-0,75; P < 0,0001). Ainda, mulheres que receberam ATBP tiveram menos infecção confirmada ou suspeita em relação ao grupo controle (11% vs 19%; RR= 0,58; IC 95% 0,49-0,79; p <0,0001). O segundo estudo analisado investigou 107 pacientes, por um follow-up de três anos. Pacientes que receberam ATBP apresentaram redução significativa de ferida perineal quando comparados ao grupo controle (8,2% vs 24,1%, P=0,037). Ainda, houve redução significativa na eliminação de secreção perineal em pacientes que fizeram uso da ATBP em comparação ao grupo controle (4% vs 17%, P=0,036). CONCLUSÃO: Embora mais estudos sejam necessários, sugere-se que a ATBP pós-parto vaginal operatório reduz complicações perineais. Logo, mais estudos devem ser feitos para que essa prática obstétrica possa ser levada em consideração.

bok.jpg

Cursos

Conceitos em Cirurgia Vascular

 

Minicurso de Atendimento ao Trauma por Abuso Sexual

 

Minicurso de Farmacologia da Cirurgia Vascular

 

Minicurso sobre Luto

LICIVASC 2020. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Italo Constâncio - Algum problema no site?

beta