------------------ Prevalência da Cirurgia de Transplante de Fígado no Brasil entre 2010 e março de 2020.

Estudo Original

Ver autores ⯆

OBJETIVOS: Analisar quantitativamente a prevalência das cirurgias de transplante de fígado no Brasil entre 2010 e março de 2020. MÉTODOS: Observação epidemiológica descritiva retrospectiva, de relação quantitativa, essa coleta foi feita através do Registro Brasileiro de Transplante, publicado pela Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (ABTO). RESULTADOS: No período da amostra foram realizados um total de 18.860 transplantes de fígado. Observa-se ainda um crescente número de transplantes realizados no Brasil, tornando o país, em 2019, o segundo maior centro de cirurgias nessa área. Essa realidade pode ser evidenciada na região Sul, que apresenta a maior taxa de transplante de fígado do país. É notório que a maioria dessas cirurgias é oriunda de um doador que tenha falecido por morte encefálica, correspondendo a 94% dos casos. No entanto, devido à facilidade da regeneração desse órgão é possível realizar cirurgias com apenas uma parte do fígado de um doador ainda vivo, sendo esse tipo de doação realizada em 4% dos casos. Levando em consideração apenas o período de janeiro a março de 2020, foram transplantados 604 fígados, tendo um acréscimo grande comparado ao ano anterior. Mas, mesmo que tenha existido uma evolução, a quantidade baixa desse tipo de cirurgia não aguenta a demanda da lista de espera, que possuiu nesse período 1.105 pessoas. CONCLUSÃO: Conforme a pesquisa, mesmo que pacientes precisem fazer transplante de fígado por conta de cirrose, causada principalmente devido ao alcoolismo, o paciente não pode entrar na lista de espera pra o transplante a menos que tenha ficado sem consumir bebida alcoólica ou drogas por no mínimo 6 meses, uma vez que é necessário a certeza de que aquele paciente não voltará aos antigos hábitos, já que ele vai ter que tomar medicamentos imunossupressores que facilitam a aceitação do órgão pelo corpo. Sendo assim, a soma do consumo de álcool ou drogas iria deixar o fígado mais debilitado.

bok.jpg

Cursos

Conceitos em Cirurgia Vascular

 

Minicurso de Atendimento ao Trauma por Abuso Sexual

 

Minicurso de Farmacologia da Cirurgia Vascular

 

Minicurso sobre Luto

LICIVASC 2020. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Italo Constâncio - Algum problema no site?

beta