------------------ Atendimento Médico às Mulheres Vítimas de Violência Sexual no Brasil: uma Revisão Sistemática

Revisão de Literatura

Ver autores ⯆

OBJETIVOS: Este estudo objetiva analisar o atendimento médico das mulheres vítimas de violência sexual (VS) para melhor entendimento sobre os deveres daqueles que as atendem, ressaltando a importância dos protocolos específicos para esses casos.MÉTODOS:Trata-se de uma revisão integrativa de 11 artigos pesquisados nas plataformas PubMed, SciELO, no site do Ministério da Saúde (MS). Os descritores utilizados foram: violência sexual, mulheres, protocolos e assistência médica. Foram usados como critérios de inclusão artigos com informações sobre a realidade do atendimento médico às mulheres vítimas de VS no Brasil, publicados a partir de 2015.RESULTADOS: Observou-se que a Norma Técnica de Prevenção e Tratamento dos Agravos Resultantes da Violência Sexual contra Mulheres e Adolescentes, criada pelo MS, no intuito de orientar profissionais de saúde diante casos de VS, não garante o atendimento adequado às vítimas e, assim, partes cruciais do tratamento são negligenciadas.O serviço prestado às vítimas é heterogêneo, já que, dentre os hospitais em âmbito nacional, apenas 8% deles oferecem a assistência prevista pelo MS, 52% contracepção de emergência, 72% antibióticos, 49,5% profilaxia contra hepatite B, 45,2% contra HIV, e apenas 28% coletam material do agressor. Outro obstáculo enfrentado pelas vítimas é o despreparo do profissional da saúde, e por vezes, o preconceito desse profissional. Assim, fica clara a incompreensão dos profissionais sobre seu papel frente a vítima, alimentando a crença de que assistir uma vítima de VS seja solidariedade, não necessitando de habilidades técnico-científicas para realizar tal atividade.CONCLUSÕES: A partir do exposto, conclui-se que a vítima da VS passa a ser, frequentemente, vítima do sistema e dos profissionais de saúde incapacitados de assisti-la. Portanto, é imprescindível que municípios e estados se atentem à Norma Técnica do MS, capacitando seus hospitais e profissionais para o atendimento adequado e eficaz dessas pacientes.

bok.jpg

Cursos

Conceitos em Cirurgia Vascular

 

Minicurso de Atendimento ao Trauma por Abuso Sexual

 

Minicurso de Farmacologia da Cirurgia Vascular

 

Minicurso sobre Luto

LICIVASC 2020. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Italo Constâncio - Algum problema no site?

beta