------------------ Óbitos Por Afogamento e Submersões Acidentais No Brasil

Estudo Original

Ver autores ⯆

OBJETIVO: Apontar o número de óbitos por afogamento e submersões acidentais no Brasil. MÉTODOS: Trata-se de um estudo transversal, epidemiológico e retrospectivo, por meio da análise do número de óbitos por afogamento e submersões acidentais no Brasil, no período entre Janeiro de 2018 a Maio de 2020, através da seleção de dados por região, sexo e faixa etária. Os dados foram obtidos através do departamento de informática do Sistema Único de Saúde (DATASUS). RESULTADOS: No período de Janeiro de 2018 a Maio de 2020, foram registrados 148 óbitos por afogamento e submersões acidentais no Brasil, estando a região Sudeste no topo da lista, com 91 mortes, que corresponde a um percentual 61,4 %, foram contabilizadas 104 mortes em indivíduos do sexo masculino, e o restante, ou seja, 44 mulheres vieram a óbito. A faixa etária mais acometida foi aquela entre 1 a 4 anos, com o total de 50 mortes registradas. CONCLUSÕES: No processo de interpretação dos dados, foi possível observar que os óbitos foram relevantes e expressivos em crianças na faixa etária de 1 a 4 anos, e o caminho para mitigar esses dados, está justamente na prevenção, que deve ser voltada principalmente a campanhas para os grupos de maior risco, e para o alcance disso estratégias simples podem ser tomadas. Nesse sentido, é de suma importância a participação dos pais ou responsáveis nesse processo, tendo em vista o papel e a influência que exercem na vida dos menores.

bok.jpg

Cursos

Conceitos em Cirurgia Vascular

 

Minicurso de Atendimento ao Trauma por Abuso Sexual

 

Minicurso de Farmacologia da Cirurgia Vascular

 

Minicurso sobre Luto

LICIVASC 2020. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Italo Constâncio - Algum problema no site?

beta